Ciência prova que má alimentação deixa você deprimido

This is a single blog caption
18
fev

Ciência prova que má alimentação deixa você deprimido

Na próxima vez em que você estiver se esbaldando com algum tipo de fast food ou com um daqueles dogões de beira de esquina, pergunte a si mesmo: isso está realmente me fazendo feliz? Digo, de verdade? De acordo com uma nova pesquisa, não, não está; na realidade, comer porcarias está ligado a índices maiores de depressão.

O estudo, conduzido pela Universidade de Las Palmas de Gran Canaria, sugere que as pessoas que se alimentam de comida de baixa qualidade são 51% mais suscetíveis a desenvolver depressão do que as que não comem. O estudo também mostra que os comilões de “junk food” (lanches, cachorros-quentes e pizzas) têm tendência maior de serem solteiros, menos ativos e trabalhar mais. Assim, a depressão dificilmente tem um traço à qual é totalmente atribuída.

“Quanto mais fast food você consome, maiores os riscos de depressão… Mas mesmo comento quantidades pequenas tem ligação com um aumento significativo das chances de desenvolver depressão.”

Os cientistas não estão totalmente convictos sobre o que pode ser responsável pela conexão entre comida de baixa qualidade e depressão, mas estudos anteriores sugerem que a falta de alguns nutrientes — como vitaminas do grupo B, gordura Ômega 3 e azeite de oliva — pode ser a culpada. [Public Health Nutrition via Medical Express]